Como ter um percurso internacional de sucesso

Vivemos numa época em que os jovens, ou os tão conhecidos Millennials, procuram desafios e experiências constantes. Hoje em dia as oportunidades internacionais são valorizadas por quem as experiencia, pelo conjunto de sensações e fascínios que uma experiência desta natureza acaba por dar. Experimentar e Sentir são normalmente as palavras de ordem dos jovens que ambicionam um projeto lá fora.

Conhece as vantagens e os principais desafios de uma experiência internacional, e conhece as melhores dicas para quem quer uma experiência internacional:

Vantagens

  • Conhecer uma nova cultura – terás oportunidade de conhecer novos valores, bem como os costumes e os hábitos de uma cultura distinta. É também uma forma de criar referências pessoais e profissionais, que poderão ser uma mais-valia para o teu percurso enquanto indivíduo e profissional.
  • Contacto com novas línguas – terás também oportunidade de conhecer novas línguas, e enriquecer o teu vocabulário e proficiência em línguas estrangeiras. Num mundo em que a informação está cada vez mais globalizada e ao alcance de cada um, o conhecimento de outras línguas é cada vez mais valorizado, para além de te abrir portas para uma carreira internacional.
  • Amadurecimento pessoal e profissional - viver e trabalhar lá fora pode ser também uma ótima forma de amadurecimento pessoal e profissional: vais adquirir maior autonomia, maior autoconhecimento, maior capacidade de adaptação a diferentes interlocutores e ambientes, maior flexibilidade. É um crescimento natural para quem está fora da sua zona de conforto, e num ambiente cultural diferente do habitual.
  • Enriquecimento do Currículo - as experiências profissionais internacionais são cada vez mais valorizadas por empresas nacionais e estrangeiras. Demonstra que temos disposição para enfrentar novos desafios e para arriscar. É também uma forma de nos comprometermos com novas culturas e outros formatos de negócio.

 

Desafios:

  • Diferenças culturais – poderás encontrar algumas diferenças culturais, que vão desde a identidade de cada país, às éticas de trabalho distintas, com valores morais mais ou menos rígidos. Por exemplo, nos EUA, na Europa do Norte e Centro e no Japão, a pontualidade é essencial e chegar atrasado pode ser entendido como uma falta de respeito. Por outro lado, nos países latinos há uma maior flexibilidade na gestão do tempo (de acordo com o Modelo de Hofstede).
  • Diferenças no custo de vida - nem sempre os custos de vida no exterior são compensados pelas vantagens salariais oferecidas. Por essa razão, é imprescindível fazer uma boa pesquisa sobre os custos de vida na cidade de destino antes de se tomar a decisão de ir para fora
  • Resistência à entrada no país –  deves estar preparado para possíveis resistências à tua entrada no país. Há procedimentos administrativos que são mais morosos, como a obtenção de um Visto. Deves também preparar-te para a possibilidade de encontrares preconceitos contra estrangeiros.
  • Distância de casa – em momentos mais desafiantes, pode ser difícil estar longe da família e dos amigos.

 

Dicas para quem quer uma experiência internacional

  • Estuda: a língua do país, a cultura, a cultura de trabalho, as pessoas, os valores, os hábitos;
  • Faz a lista das vantagens e desvantagens que vais encontrar naquele país em particular
  • Questiona-te: é o que tu queres, que tipo de cultura, que tipo de Organização, que tipo de pessoas;
  • Fala com pessoas que tenham vivido nesse país, e que tenham estado imersas na cultura. Pergunta-lhes quais foram os seus maiores desafios, o que é que fariam de diferente, o que é que te aconselham;
  • Investiga: pesquisa informação prática sobre o país e também sobre a empresa para a qual te estás a candidatar;
  • Se tiveres oportunidade, visita o país e tenta imergir na cultura o mais possível, antes de tomares a tua decisão.

Quando pensamos num projeto lá fora, o mais difícil de todo o processo é a decisão de arriscar. A partir do momento em que tens a tua decisão tomada, prepara-te, investiga e aproveita todo o caminho. Lembra-te que é um percurso de aprendizagem, que te vai fazer crescer e sonhar mais alto.

Madalena Cidade

Se quiseres saber mais sobre este tema, fala connosco.